sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Marly de Oliveira


ELEGIA

Teu rosto é o íntimo da hora
mais solitária e perdida,
que surge como o afastar-se
de ramos, brando, na noite.
Não choro tua partida.

Não choro tua viagem
imprevista e sem aviso.
Mas o ter chegado tarde
para o fechar-se da flor
noturna do teu sorriso.

O não saber que paisagens
enchem teus olhos de agora,
e este intervalo na vida,
esta tua larga, triste,
definitiva demora.
Marly de Oliveira

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Nina Simone

video

Mon Oncle, Jacques Tati

video

Le Spleen de Paris, Charles Boudelaire

UN HÉMISPHÈRE DANS UNE CHEVELURE

Laisse moi respirer longtemps, longtemps, l'odeur de tes cheveux, y plonger tout mon visage, comme un homme altéré dans l'eau d'une source, et les agiter avec ma main comme un mouchoir odorant, pour secouer des souvenirs dans l'air.
.
Si tu pouvais savoir tout ce que je vois! tout ce que je sens!tout ce que j'entends dans tes cheveux! Mon âme voyage sur le parfum comme l'âme des autres hommes sur la musique.
.
Tes cheveux contiennent tout un rêve, plein de voilures et de mâtures; ils contiennent de grandes mers dont les moussons me portent vers de charmants climats, où l'espace est plus beau et plus profond, où l'atmosphère est parfumée par les fruits, par les feuilles et par la peau humaine.
.
Dans l'océan de ta chevelure, j'entrevois un port fourmillant de chants mélancoliques, d'hommes vigoreux de toutes nations et de navires de toutes formes découpant leurs architectures fines et compliquées sur un ciel immense où se prélasse léternelle chaleur.
.
Dans les caresses de ta chevelure, je retrouve les langueurs des longues heures passées sur un divan, dans la chambre d'un beau navire, bercées par le roulis imperceptible du port, entre les pots de fleurs et les gargoulettes rafraîchissantes.
.
Dans l'ardent foyer de ta chevelure, je respire l'odeur du tabac mêlé à l'opium et au sucre; dans la nuit de ta chevelure, je vois resplendir l'infini de l'azur tropical, sur les rivages duvetés de ta chevelure je m'enivre des odeurs combinées du goudron, du musc et de l'huile de coco.
.
Laisse-moi mordre longtemps tes tresses lourdes et noires. Quand je mordille tes cheveux élastiques et rebelles, il me semble que je mange des souvenirs.

domingo, 25 de janeiro de 2009

C'est déjà ça

video

BANKSY


Banksy é a assinatura do artista plástico inglês que decorou o muro que, segundo ele, transformou a Palestina na maior prisão a céu aberto do mundo.


"APARTHEID WALL", Palestina/Israel


2009 - ANO DA FRANÇA NO BRASIL

Confira alguns destaques da programação do Ano da França no Brasil

Fonte: O Globo - André Miranda

RIO - Em 2009, as rodas culturais brasileiras vão falar de littérature, musique, arts plastiques, théâtre ou cinéma. No fundo, até mesmo a cultura brasileira vai ficar com um jeitinho de “culture française“. Depois de 2005 ter marcado o Ano do Brasil na França, 2009 será o momento da retribuição, com a vasta programação do Ano da França no Brasil, que inclui mostras de artistas como Chagall, Matisse, Cartier-Bresson e Rodin; apresentações de dança contemporânea e teatro; shows e concertos de músicos franceses; mostras de filmes; e muitos convidados franceses vindo ao Brasil a fim de estreitar os laços entre as duas nações.
Confira, a seguir, destaques da programação do Ano da França no Brasil:

Exposição de Marc Chagall - 1ª exposição de grande porte no país de Marc Chagall, 52 anos depois da sala especial realizada na IV Bienal. Acontecerá em São Paulo, podendo haver itinerância para o Rio de Janeiro.



Matisse em São Paulo - Exposição de 15 quadros de Matisse e de obras de 6 artistas contemporâneos franceses


Henri Cartier-Bresson em Porto Alegre e São Paulo. Publicação do livro “Henri-Cartier Bresson: Photographe”, com 155 imagens consideradas pelo próprio Cartier-Bresson as mais importantes de sua trajetória. Realização do ciclo de debates e publicação de volume “O Momento Decisivo Hoje”, com participação de especialistas brasileiros e franceses, organizado pelo curador de fotografia Eder Chiodetto. Apoio a exposição fotográfica com 130 das melhores fotografias de Cartier-Bresson do acervo da agência Magnum a ser realizada no Sesc Pinheiros entre outubro e novembro de 2009 com entrada gratuita.




Veja toda a programação no site do Ministério da Cultura
http://anodafrancanobrasil.cultura.gov.br/

sábado, 24 de janeiro de 2009

Le Corbusier, igrejas

"A arquitetura é o jogo sábio, correto e magnífico dos volumes dispostos sob a luz".
Le Corbusier
La Chapelle Notre-Dame-du-Haut, Ronchamps


Le couvent de la Tourette, Eveux


Eglise de Saint-Pierre, Firminy

Musée Gustave Moreau, Paris


Gustave Moreau (6 de abril de 1826 - 18 de abril de 1898) foi um pintor francês. Tornou-se célebre por ser um dos principais impulsionadores da arte simbolista do século XIX.
Moreau começou como pintor
realista. Posteriormente, sob a influência dos impressionistas e pré-rafaelitas, evoluiu para uma pintura mais romântica e espiritual, que lhe permitiu entrar nas fileiras do simbolismo, junto com Munch, Ensor, Puvis de Chavannes e Redon. Alguns historiadores de arte preferem se referir a eles como pós-impressionistas.
Nascido em
Paris, este pintor teve aulas dadas pelos mestres Chassériau e Picot em seus respectivos ateliês. Suas obras foram expostas pela primeira vez ao público e à crítica no Salão de 1852.
Os temas favoritos de Moreau eram as
cenas bíblicas, principalmente a história de Salomé, muito em moda no final do século XIX, e as obras literárias clássicas.
Mestre da cor, soube representar mulheres de uma beleza rara com traços de anjo e pele aveludada, cobertas apenas por ousadas transparências. A luz foi utilizada por Moreau para obter essa atmosfera ao mesmo tempo mística e mágica, que caracterizou a pintura simbolista. No detalhismo caligráfico com que trabalhou os arabescos e demais elementos decorativos, Moreau se aproximou qualitativa e quantitativamente do modernista
Klimt.

Si tu viens à Paris

Inaugurado em 1896, o Restaurante Chartier faz parte da história de Paris.
Classificado monumento histórico, é um endereço que todos os franceses conhecem.
endereço: 7 Rue du Faubourg Montmartre 75010 Paris


As sem-razões do amor


Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.

Carlos Drummond de Andrade

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

MISIRLOU


Misirlou - Michalis Patrinos,1927.

Nas olimpíadas de 2004, que foram realizadas em Athenas, ela foi escolhida pelo comitê organizador como a música grega mais influente de todos os tempos, tendo sido interpretada por Anna Vissi.

video

domingo, 11 de janeiro de 2009

Cadillac Records


Etta James
video

'Cadillac Records'

A cantora e atriz Beyoncé Knowles (indicada ao Globo de Ouro por “Dreamgirls”) é a protagonista de “Cadillac Records”, como a famosa cantora norte-americana Etta James. O filme, que tem estréia marcada para 27 de março de 2009 no Brasil, já rendeu frutos positivos para a artista. Recentemente, foram publicadas matérias a esse respeito em dois dos maiores jornais dos Estados Unidos, o The New York Times e o The Los Angeles Times. Ambos os artigos elogiaram o espetacular trabalho de Beyoncé na pele da cantora ícone do blues. O filme estreou no dia 5 de dezembro nos EUA e traz ainda, no elenco, o ator vencedor do Oscar, Adrien Brody (“O Pianista”).

Crônica do nascimento de uma das mais importantes gravadoras de black music americana, a Chess Records (aqui chamada de Cadillac), nos agitados anos de 1950 em Chicago. A história mostra os mais badalados nomes do gênero, como Little Walter, Willie Dixon, Howlin' Wolf, Etta James e Muddy Waters. No primeiro trailer do filme, uma cena mostra o encontro de jovens músicos brancos que se dizem fãs da estrela negra Muddy Waters. "Senhor Waters. Somos grandes fãs. Demos o nome de nossa banda por causa de uma de suas canções", diz um dos rapazes. Muddy Waters olha e responde: "Sim?" "Rolling Stone", explica um ainda jovem Keith Richards.


video

sábado, 10 de janeiro de 2009

The Ventures

video

THE VENTURES é uma banda de rock instrumental estadunidense que se transformou em uma das maiores referências para a surf music (apesar de seus integrantes não se considerarem uma banda de surf music).

THE VENTURES teve sua origem em Tacoma, EUA, quando Don Wilson e Bob Bogle se conheceram em 1958. E formaram uma dupla de guitarristas chamada de “The Versatones” .

Em 1959, gravou o seu primeiro single “The Real McCoys/Cookies & Cooks” pela gravadora da mãe de Don, Blue Horizon. E mudaram o nome para “THE VENTURES”.Em seguida, resolveram incorporar à dupla um baixista e um baterista. Convidaram Nokie Edwards e Skip Moore, e mais tarde entrou o Howie Johnson, formando assim a configuração atual da banda e de sucessos.Em 1960, lançou o “Walk Don’t Run” que chegou a 2º nas paradas de sucessos do “Billboard Top 100” e consagração da banda.

Depois houve a troca de posição dos músicos, Bob Bogle assumindo como baixista e Nokie Edwards como guitarrista líder. Assumindo assim uma nova dinâmica no grupo e sendo aclamado como “King Of Guitar”.Com o sucesso do “Walk Don’t Run” , seguiu-se outras músicas, “Pipeline”, “Diamond Head”, “Slaughter Of Tenth Avenue” e muitos outros.

Nesta época, Howie Johnson sofreu grave acidente automobilístico e ficou impossibilitado de continuar na banda e foi substituído pelo Mel Taylor.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

AMIGOS
















O COMERCIAL DO ANO

video

sábado, 3 de janeiro de 2009

PARABÉNS! Aos Amigos aniversariantes do mês de Janeiro

video

..............Dia 04 - Maria da Paz

..............Dia 15 - François Martin

.....................Dia 22 - Louize

..............Dia 27 - Rosângela

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

DESTINOS - "CHAPADA DIAMANTINA, Bahia"


.
...
.
A Chapada Diamantina é uma região de serras, situada no centro do Estado brasileiro da Bahia, onde nascem quase todos os rios das bacias do Paraguaçu, do Jacuípe e do Rio de Contas. Essas correntes de águas brotam nos cumes e deslizam pelo relevo em belos regatos, despencam em borbulhantes cachoeiras e formam transparentes piscinas naturais.
A vegetação é exuberante, composta de espécies da caatinga semi-árida e da flora serrana, com destaque para as
bromélias, orquídeas e sempre-vivas.
Alguns atrativos naturais causam espanto e êxtase, como a
Cachoeira da Fumaça e seus 380 metros de queda livre ou o deslumbrante Poço Encantado. Mas são tantas as atrações que se pode optar entre visitar grutas, tomar banho de cachoeira, fazer trekking em antigas trilhas de garimpeiros, montar a cavalo ou praticar esportes e aventuras. A Chapada abriga, em seus vales e cumes, comunidades esotéricas e alternativas como no Vale do Capão. Os dois pontos mais altos da Bahia estão na Chapada: o Pico do Barbado com 2.033 metros (o mais alto do nordeste) e o Pico das Almas com 1 958 metros.
Caminhar respirando o ar puro e admirando a paisagem é a principal opção dos turistas de todas as partes que visitam a Chapada. Os lugares verdejantes guardam sempre uma surpresa com águas cristalinas ou areias coloridas, belos morros, flores e hortaliças que encantam pela beleza e viço. Em
Igatu, a curiosidade se aguça em meio às ruínas da cidade fantasma, construída com pedras que formam as paredes de pequenas grutas.

video